quinta-feira, 6 de maio de 2010

Mademoiselle Chanel

Semana passada assisti ao filme "Coco antes de Chanel" e desde então estava pensando sobre este post. Para quem ainda não viu, o filme conta a história desde a infância, de Gabrielle Chanel, uma mulher batalhadora que com muito esforço, determinação e principalmente, muita coragem, conseguiu imprimir a sua marca em roupas femininas, com o seu estilo revolucionário para a época.
Ou seja, se engana quem pensa que verá no filme a vida de glamour da Coco Chanel, sua fama e tudo o que vem depois de lançada a marca. Este momento só é retratado no final, em mais ou menos 10 minutos de filme.
Pois bem...se alguém se interessou em saber da vida de Gabrielle Chanel, vejam o filme. Ele é estrelado pela também fracesa Audrey Tautou (maravilhosa!) que ficou "quase que idêntica" à Coco:

Porém, aqui eu quero mesmo é falar sobre "Mademoiselle Coco Chanel":
Inegávelmente, Coco Chanel deixou um legado à prova de tudo e de todos. Coco desenhava e construía as suas peças com apenas uma intenção: conforto. Para ela, uma mulher não era menos mulher se não usasse um espartilho, por exemplo. Sua "moda" resiste aos "modismos" de hoje em dia e segue cada vez mais forte à cada nova "moda" (sei que entenderam!) e posso até arriscar dizendo que sua marca deve ser uma das mais influentes no mundo:

Além de tudo, Mademoiselle Chanel lançou no mundo fashion os famosos colares de pérolas, os vestido pretos (que na sua época foi um es-cAN-DÁ-lo uma mulher não vestir "cores") e a camisa como listras horizontais azuis, inspiradas nos uniformas dos marinheiros.
Seus produtos mais famosos, digamos assim, são a sua bolsa com alças de corrente e o perfume Chanel nº 5:

(Foto do perfume: divulgação da Sack's. Foto da bolsa: Google)

A bolsa do tipo "combino com qualquer roupa" nunca saiu de moda mas, tem sido hit da estação e hoje facilmente você consegue comprar modelos de outras marcas, inclusive brasileiras, muito parecidos com os da Chanel, prá não ficar comprando Chanel's falsas tá gente? Usem as similares marcas brasileiras.
Já o perfume mais famoso do mundo ganhou novas versões mas este com certeza ainda é o mais vendido. Principalmente depois que ninguém menos que Marilyn Monroe disse que para dormir, só usava algumas gotinhas do perfume. A criação do perfume foi um pedido da própria Coco, que queria "um perfume de mulher com cheiro de mulher". E diiiiiizem que o número 5º era o seu número da sorte.
A" multibilionardáriaaaaa" (ui, me deu até arrepios!) marca Chanel hoje também é sinônimo de cosméticos, e que são sem dúvida mais do que cobiçados e copiados. E também são os "olhos da cara"! Prova disso são os esmaltes "Blue satin, Jade e Particuliére" e o recém lançado batom "Rouge Coco " (esse deu prá garantir, rs!):


(Fotos divulgação da "Sack's")
E antes de fechar o post, só uma curiosidade: Acho que todo mundo já sabe que Coco era o apelido de Gabrielle Chanel. O que poucos sabem é que Coco era nome de uma música que Gabrielle costumava cantar em um café francês, e que por conta disto, começou a ser chamada de Coco.
E finalmente, não poderia deixar de citar aqui. Sabem quem estrelava a campanha da Chanel no ano passado? Minha querida, Lily Allen! Olha ela aí toda linda no melhor estilo Audrey Hepburn:

(Foto "emprestada do site "istkika")
Ahhhh, siiiiim! A Chanel agora também é vendida na Sack's.com
Beijo, tchau!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails