domingo, 27 de março de 2011

#SerBlogueiro -

Este post é uma proposta do blogueiro Gregory Martins para uma "Blogagem coletiva" sob a tag #SerBlogueiro
------------------------


Eu sempre me considerei uma pessoa de fácil comunicação. Sempre gostei de deixar muito clara a minha opinião sobre as coisas e sempre gostei da falar sobre elas da forma mais filosófica possível - um defeito, será?

Nunca fui uma pessoa de poucas palavras, que faz uma síntese sem nenhuma dó e nem piedade. Sou uma pessoa naturalmente prolixa, minha cabeça não pára e falo pelos cotovelos. Antes de escrever um texto, eu já pensei mil vezes como escrevê-lo. Eu já pensei até mesmo na "moral da história" que, no meu caso, nem sempre é o guia do texto: muitas vezes a "moral" é literalmente o ponto final daquilo que comecei a escrever, mas foi algo que surgiu lá pelo meio dos meus devaneios.

Quando pensei em criar um blog, foi com isto que eu contei. Sem falsa modéstia, me considero uma pessoa criativa o suficiente para chamar a atenção dos meus leitores. Pela facilidade na escrita, achei que não teria dificuldades para passar as informações que queria passar. Mas, e o conhecimento sobre as coisas que eu gostaria de falar? 

Isto eu tenho. Tenho porque são experiências pessoais e não porque me especializei no assunto. Claro que com o tempo você passa a falar sobre elas de forma mais "profissional", até porque não dá para passar a vida toda de um blogueiro de blogs como o meu sem no mínimo ter estudado - no sentido do conhecimento, o suficiente para não passar uma informação errada só porque ela funcionou com você.

Em quase 1 ano "blogueira", eu aprendi algumas coisas e venho refletindo sobre elas há algum tempo. Uma delas é que as pessoas esquecem que um blog é um diário que se tornou público. O blogueiro fala das SUAS experiências com as SUAS coisas, sobre as SUAS coisas e tudo o que está relacionado à isto. Passando disto, no meu entendimento, o blog perde a "cara de blog" e se torna algo impessoal.

E não estou querendo dizer aqui que quem vende uma parte do seu espaço perdeu a identidade de blog: não, não é isto. Porque até mesmo se você transforma o seu blog em um espaço rentável, ainda assim ele é seu e só não mais será se você além de vender o seu espaço, também vende a sua opinião.

Opinião não tem preço. Se alguém me oferece um produto e me paga para falar sobre ele, que fique bem claro: o que é vendido é o meu tempo e espaço do meu blog  para falar dele, a minha opinião não. Porque, me desculpem os "marketeiros", a alma do negócio não é a propaganda mas sim, o grau de interesse que as pessoas têm por ele e o que você faz para que isto seja satisfatório.

Uma satisfação e interesse que não se mede pela quantidade de comentários que você tem em uma postagem ou pela quantidade de acessos diários que você vê no seu Google Analytics. Muito menos pela quantidade de seguidores do seu blog ou em outras redes sociais. Um blog se torna interessante pela dedicação que você tem a ele e pelo conteúdo dele.

Discordo totalmente de blogueiros que afirmam sempre: "ser blogueiro não é fácil!". Não é fácil para quem? Para o quê? Se os fins justificam os meios, o blogueiro deve ter muito bem esclarecido para si a razão do seu blog. Do contrário, não torne o seu diário um domínio público.

Agora, se ser blogueiro virou profissão, já é outra história: ninguém vai te dar crédito ou comprar um espaço do seu blog se você não fala sobre coisas interessantes e minimamente relevantes para serem publicadas. Pois como diz o ditado: "Quem não tem competência não se estabelece".

Também não compreendo a necessidade de alguns sempre repetirem que "tem uma vida além do blog e que as pessoas não entendem isso".  Se você bloga por profissão ou não, o que interessa para as pessoas esse tipo de reflexão? Sério, se você fica 1 semana sem postar e alguém vem te cobrar, esteja certo de que esta pessoa não está cobrando a sua inteira atenção para com seu blog: ela simplesmente está sentindo falta de ler e sobre aquilo que a traz ao seu blog. 

E só. Porque, seja sincero (a) com você mesmo (a): se você está acostumado a acessar um blog cheio de conteúdo que de repente "parou", sem dúvida você vai perder parcialmente o interesse. 

Ser blogueiro (a) é assumir a edição e a responsabilidade de todo o conteúdo publicado no seu blog, e compreender as críticas das mais diversas sem querer "rodar a baiana" porque você mesmo (a) não foi compreendido. É melhor vir à público tentar se fazer compreender de novo que vir à público dar uma lição de moral nos leitores.

Não existe crítica construtiva e crítica negativa. Crítica é crítica e cabe a você dar o grau de importância e relevância a ela. Ser blogueiro é também compreender isso.

Gostaria de poder falar muito mais sobre isso, porque como disse, minha cabeça não pára e meus dedos querem escrever. Mas é porque escolhi publicar o meu diário que estou tentando aos poucos vencer a prolixidade e não cansar os seus olhos.

Então, tenha paciência comigo e me compreenda. Como blogueira, eu quero falar sobre as minhas coisas e compartilhá-las com vocês. Parodiando Caetano: "se eu tivesse mais alma prá dar eu daria. Isso prá mim é ser blogueiro".

E se quiser saber um pouco mais, vale à pena uma visita ao texto inaugural do blog.

Beijo, tchau!


3 comentários:

Quer ser fashion! disse...

Muito legal esse post! Concordo quando vc diz que a leitora cobrar que a blogueira sumiu e sinal de reconhecimento sim!!
E que o mais legal dos blog e a concepção de "jornalismo-verdade" , o que dificilmente encontramos nas mídias convencionais hj em dia!! Parabens..
bjsss

Chantal disse...

Olá Garota dos Sapatos Vermelhos, concordo plenamente com o que vc disse neste brilhante texto, mts vezes parece que as blogueiras estão sendo pagas pra bajular tal produto ou mts vezes suas páginas tem uma poluição visual tão grande que parece um carnaval, fica difícil pro leitor se concentrar no conteúdo de sua leitura devido à tantas cores prontas à dispersar seu interesse. Às vezes penso em ser blogueira, mas acredito que deve haver um COMPROMETIMENTO com aquilo que vc se propõe à fazer e não deixar seus leitores num vazio. Gosto mt de suas postagens tão esclarecedoras e divertidas, te acompanho há um bom tempo (quase início) e pra mim é muito válido o que vejo e leio, pq são coisas que agregam conhecimento e isso é importante. Continue compartilhando conosco suas curiosidades e descobertas. Grande beijo.

Anônimo disse...

[p]Australian sheepskin boots are just some wonderful collections [url=http://www.warmuggkids.co.uk]ugg kids sale[/url] found by contemporary trend followers . Besides comfortable visual effect, these short styles do make you feel comfortable . This is a gentle process that takes about 10 days to get the hides properly tanned and ready to be cut for Ugg boots . com/ Related Articles - Numerous, Girls, Are, Amazed, To, Get, Fashion, Ugg, Boots, Clearance, Email this Article to a Friend! Receive Articles like this one direct to your email box!Subscribe for [url=http://www.uggbbootssale4u.co.uk]ugg boots uk sale[/url] free today! . Nevertheless, the unique boots still insist on its style successfully [url=http://www.realuggonsale.co.uk]ugg sale online[/url] till now, and became exactly popular shoes . There are merely three drawbacks: [url=http://www.officaluggboots2012.co.uk]ugg boots 2012[/url] the Bailey Button Ugg " booties " suede-I didn't treat it quick enough now the water marks show from walking in the snow; and the casualness ones . Sexy fein mit rau ist sehr sexy, sehr feminin, mit engen Jeans oder kurze R?cke . among the better heeled Christian Louboutin shoes, the assortment [url=http://www.discountuggbootsukshop.co.uk]real ugg boots[/url] is additional as well as the are additional unique.[/p][p]UGG Boots-More Than Just Fabulous Fashion AccessoriesIt' s believed your clothing, footwear and any other small accessory on your body directly reflect your personality and fashion taste . If you spot a Made In China label then this doesnt necessarily mean that your boot are fake . Before you quickly opt for these marvelous pairs of boots you need to check their authenticity by [url=http://www.officaluggboots2012.co.uk]cheap ugg boots[/url] all means . One way that individuals can't do such is when they go out and use something like Nike Shox R4 footwear as a way to stand out in the crowd . Their boots, shoes and slippers are [url=http://www.uuggbootsale.co.uk]ugg boots sale clearance[/url] available for men, women and children, so the whole family can stay fashionable warm together . Ugg cossacks are clothingable for you . So rather than waste money on these we provide a number of steps to clean your Women's Bailey Button 5803 Boots and ensure that they stay looking as good as they day they came out of the box . People got to know perfect warmth on this kind of footwear then.[/p]

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails